mestrado-arquitectura-interiores-site-1

Clique aqui para a brochura versão impressa

Clique aqui para o plano de estudo de 2013 no Diario da República

HORÁRIO LETIVO DIURNO

DURAÇÃO OFICIAL (1º + 2º CICLO)
Anos 5
Semestres 10
Semanas de estudo p/ano 34
Créditos ECTS 300

MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA, ESPECIALIZAÇÃO EM INTERIORES E REABILITAÇÃO DO EDIFICADOmestrado int interiores 1

A especialização em Arquitetura de Interiores e Reabilitação do Edificado privilegia, redefine e qualifica novos territórios relacionados com a definição e requalificação de espaços preexistentes metamorfoseando-os e transfigurando-os através de novos entendimentos numa visão abrangente e múltipla de diversas áreas disciplinares, que potenciam a identidade de quem quer impor uma posição cultural que marca a diferença e o sucesso no mundo de hoje.

As unidades curriculares de Laboratório de Projeto desta especialização, com o mesmo número de horas e créditos do tronco principal do Mestrado Integrado em Arquitetura, estipulam sempre simulações de projeto em que existe a presença de pré-existências construídas, com a sua decorrente análise e validação, e a necessidade da contextualização e diálogo entre o novo e o que existe. Os docentes desta unidade curricular possuem um currículo profissional significativo de projeto, transmitindo aos discentes um conhecimento apoiado na experiência.

O Trabalho Final de Mestrado, conclusão do Mestrado Integrado, poderá ser desenvolvido através de um Projeto Final de Mestrado ou de uma Dissertação de Natureza Científica, incidindo livremente sobre qualquer tema ou área de investigação aprovada pela Faculdade de Arquitectura.

A ESCOLA

A Faculdade de Arquitectura (FA) oferece cursos conducentes a grau ao nível da Licenciatura, Mestrado e Doutoramento nas áreas da Arquitetura, Urbanismo e Design. Oferece ainda cursos não conducentes a grau que facultam uma formação complementar a profissionais que pretendem adquirir conhecimentos mais aprofundados. Esta ampla oferta de formação faz da FA a maior e mais diversificada escola do país nas suas áreas, com cerca de 3 mil alunos. É também a escola com maior número de alunos estrangeiros provenientes da Europa, mas também de países de outros continentes com os quais a FA possui acordos de intercâmbio. É ainda a escola mais antiga, com raízes que remontam ao século XVI. A sua principal caraterística é a formação através do Projeto no 1º e no 2º ciclo, onde os conhecimentos adquiridos em todas as disciplinas são aplicados na conceção de objetos que podem ir desde a escala da mão à escala do território. Apesar deste enquadramento, é objetivo da FA formar um leque mais alargado de profissionais, como consultores, investigadores e quadros públicos, em áreas ligadas ao ambiente construído, à cultura e à indústria.
mestrado int interiores 2Será certamente pela articulação destes objetivos que mais de 95% dos seus graduados obtêm colocação um ano após terminarem o curso. Atualmente, a FA está apostada em formar profissionais capazes de trabalhar com a sociedade portuguesa, contribuindo para aumentar o seu potencial de inovação, competitividade e exportação. Por este motivo, favorece-se o desenvolvimento de projetos finais e de dissertações científicas em colaboração com entidades públicas e privadas, fomentando o empreendedorismo e criando oportunidades futuras para os alunos. A formação no 3º ciclo é dirigida à investigação avançada nas três áreas disciplinares da FA, sendo enquadrada pelo CIAUD, o centro de investigação classificado de Excelente pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Neste quadro, foi recentemente criado um centro de prestação de serviços, um gabinete de transferência de tecnologia e uma incubadora de empresas. Como escola moderna, que tenta combinar tradição e inovação, a FA é uma instituição de referência na formação profissional de arquitetos, urbanistas e designers, assim como na produção de investigação especializada e interdisciplinar socialmente reconhecida.

 DESTINATÁRIOS

Esta especialização destina-se a todos os que pretendam adquirir uma formação em Arquitetura que lhes permita o reconhecimento académico e profissional de um Mestrado Integrado em Arquitetura mas que queiram complementar o seu estudo através de uma relação mais próxima com os materiais e o detalhe dos elementos arquitetónicos, e possuam sensibilidade para o diálogo estético e cultural com as estruturas e espaços construídos pré-existentes.

OBTENÇÃO DO GRAU DE MESTRE

O Mestrado Integrado em Arquitetura com Especialização em Arquitetura de Interiores é um curso completo de Arquitetura, reconhecido pela Ordem dos Arquitetos e pela Diretiva Europeia 2005/36/CE, com o mesmo reconhecimento académico e profissional do tronco principal do Mestrado Integrado em Arquitetura. Após aprovação no Trabalho Final de Mestrado, os mestres em arquitetura, com especialização em Arquitetura de Interiores, adquirem um estatuto profissional de arquitetos, estando capacitados para o exercício dos actos próprios da sua profissão em qualquer área de atividade.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

Com esta especialização pretende-se uma maior diversidade nas saídas profissionais, acrescentando à área da Arquitetura, a Arquitetura de Interiores, a Reabilitação e as Arquiteturas Efémeras (expositivas, comerciais, não permanentes, etc.), sempre com especial atenção ao conhecimento e detalhe dos materiais e dos elementos arquitetónicos que consideramos fundamentais para uma abordagem qualificada à profissão de Arquiteto.
mestrado int interiores 3

CORPO DOCENTE

O corpo docente afeto ao Mestrado Integrado em Arquitetura com Especialização em Arquitetura de Interiores inclui profissionais com uma vasta experiência de projeto, bem como professores das outras áreas disciplinares presentes nesta formação que lecionam os conteúdos específicos a cada unidade curricular numa perspetiva integradora e articulada por uma visão global do curso e das competências a serem adquiridas.

Os nomes e contatos dos docentes do curso podem ser consultados em
www.fa.ulisboa.pt

CANDIDATURAS

Condições de acesso

1 • Alunos que vão concorrer ao Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior
Código Curso: 0802/8073
Consultar o site da DGES para conhecer os procedimentos e nº de vagas:
www.dges.mctes.pt 

Provas de acesso:
Um dos seguintes conjuntos:
03 Desenho + 10 Geometria Descritiva
ou
10 Geometria Descritiva + 16 Matemática
ou
10 Geometria Descritiva + 12 História da Cultura e das Artesmestrado int interiores 4

2 • Alunos a frequentar o Ensino Superior em Portugal ou no Estrangeiro
Consultar site da FA — ver concurso de reingressos, transferências, mudança de curso.
www.fa.ulisboa.pt

3 • Alunos com Licenciatura Nacional ou Estrangeira
Consultar site da FA — ver concurso dde 2º ciclo. Concursos Especiais (titulares de curso médio ou superior)
www.fa.ulisboa.pt

4 • Maiores de 23
Consultar site da FA — ver candidaturas maiores de 23.
www.fa.ulisboa.pt

CANDIDATURAS E INSCRIÇÕES

Os prazos e a forma de inscrição deverão ser consultados no site da FA logo após publicação pela DGES das listas de resultados das candidaturas.

www.fa.ulisboa.pt

PROPINAS

O valor das propinas de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento é atualizado anualmente devendo o valor e forma de pagamento ser consultado no site da FA.
mestrado int interiores 5

www.fa.ulisboa.pt

PLANO DO CURSO

O Mestrado Integrado em Arquitetura desenvolve-se em dois ciclos. O primeiro ciclo corresponde à Licenciatura em Estudos Arquitetónicos e visa dotar os alunos de formação básica e abrangente nesta área disciplinar. O segundo ciclo confere o título de Mestre em Arquitetura e permite uma maior especialização da formação, sem deixar de garantir transversalidade que permita aos recém-formados abordar um leque abrangente de problemas e escalas variadas, em contextos multidisciplinares, constituindo fator de empregabilidade.

A especialização em Arquitetura foca-se tanto no projeto de edifícios novos como na reabilitação de edifícios existentes. A especialização em Interiores está mais vocacionada para a intervenção e reabilitação em espaços pré-existentes, enquanto a especialização em Urbanismo se centra em intervenções no espaço urbano e no território.

PROTOCOLOS E PARCERIAS

• 99 Acordos no âmbito do Programa Erasmus
• 22 Acordos com Universidades da América Latina
• 1 Acordo com uma Universidade do Canadá
• 2 Acordos com Universidades em Israel
• Participação da Faculdade de Arquitectura numa rede de intercâmbio Europa-Japão
• Participação da Faculdade de Arquitectura numa rede de intercâmbio com a Europa de Lestemestrado int interiores 6

Através de vários programas de mobilidade, a FA faculta aos seus alunos a possibilidade de estudarem um ou dois semestres no estrangeiro. Estes estudos podem ser feitos na Europa ao abrigo do programa Erasmus ou em outros destinos como o Brasil, a Argentina, a Colômbia ou o Canadá, por exemplo, através dos protocolos elaborados diretamente com variadas Universidades internacionais.

A Faculdade de Arquitectura, através dos serviços centrais da Universidade, faz parte do Protocolo com o banco Santander Totta que concede bolsas de apoio às mobilidades realizadas na América Latina, designadamente através dos programas Santander Totta de Bolsas Luso-Brasileiras e de Bolsas Ibero-Americanas. Para além disso, participa na rede de intercâmbio Europa- Japão, através do programa AUSMIP.

A FA é ainda parceira em 2 programas Erasmus Mundus: EURMED – Master Estudos Urbanos em Regiões Mediterrânicas e TEMPO (Trans-European Mobility Project on Education for Sustainable Development). Os alunos podem ainda recorrer aos programas Erasmus Placement e IAESTE para a realização de estágios profissionais em empresas e centros de investigação.

RECURSOS MATERIAIS

A FA disponibiliza aos seus alunos um conjunto amplo de espaços de suporte à vida académica nas suas diversas etapas e que incluem: a Biblioteca, o Centro Multimédia, Reprografia, o Atelier 24 Horas (espaço para os alunos desenvolverem os seus trabalhos), o Centro Editorial, o Centro de Cartografia, o Centro de Informática, o Atelier de Moda, as Oficinas, o Centro de Prototipagem Rápida, o Laboratório da Cor, o Laboratório de Fotografia e Imagem de Síntese,o Laboratório de Digitalização 3D, o Gabinete da Propriedade Intelectual e Transferência de Conhecimento e a Incubadora da FA.

PRÉMIOS

Melhor Projeto Final (melhor classificação):
Pintor Sá Nogueira (300€)

Melhor Dissertação (melhor classificação):
Prémio Pintor Sá Nogueira (300€)

Critérios de desempate:
1º Melhor média geral de curso,
2º Aluno mais jovem

Projetos

Os exercícios de simulação de projeto desta especialização versam sobre pré-existências, espaços e edifícios expectantes no território, oportunidades de reflexão sobre formas de abordar e concretizar atuações no âmbito da reabilitação e regeneração do construído, dialogando com solicitações reais e atuais, sempre que possível no âmbito de protocolos estabelecidos pela Faculdade de Arquitectura com entidades exteriores.

São exemplos desta prática os projetos de intervenção em estruturas complexas como antigos espaços hospitalares, conventuais ou fabris que constituem hoje áreas expectantes e devolutas nos tecidos urbanos.

Pólo Cultural no antigo Convento de S. Paulo/ Fábrica Sofal em Vila Viçosa
Sofia Tegethof, Projeto Final de Mestrado, 2012

mestrado int interiores proj 1mestrado int interiores proj 2

Este trabalho incide sobre o projeto de reconversão do antigo Convento de S. Paulo/ Fábrica Sofal em Vila Viçosa, no Museu Escola João Cutileiro. A reflexão teórica incidiu sobre o tema projetar com luz, cor e matéria visando a inter-relação do objeto edificado com o seu utilizador e sobre o modo como este perceciona os espaços, e neles se orienta, questionando desta forma as opções arquitetónicas utilizadas na conceção de espaços caracterizados pela sua qualidade sensorial. O projeto foi desenvolvido atendendo aos valores essenciais da pré-existência e apoiando-se nas ilações retiradas da investigação teórica deste trabalho.

Arquiteturas expectantes, usos temporários para as outras artes
Verónica Pires, Projeto Final de Mestrado, 2012

mestrado int interiores proj 3mestrado int interiores proj 4mestrado int interiores proj 5

As sociedades ocidentais atuais deparam-se com a necessidade real de pensar e lidar com as ruínas construídas de um passado industrial recente. Cabe consequentemente à arquitetura ocupar um papel preponderante na construção de uma leitura crítica e de um pensamento sobre as potencialidades e futuro deste tipo de estruturas e tipologias e sobre o papel que estas podem desempenhar no território, na cidade e na sociedade. Tomando a reconversão dos silos de cereais das Caldas da Rainha para usos de produção e exposição artística, como caso de estudo, tornou-se possível concluir um conjunto de premissas base e de aspetos formais e morfológicos a observar, extrapoláveis a intervenções futuras em edifícios de génese similar. 

Centro de Investigação do Mármore no Antigo Convento de São Paulo em Vila Viçosa
Marina Monteiro, Projeto Final de Mestrado, 2012

mestrado int interiores proj 6

Somos confrontados constantemente, no nosso quotidiano, com espaços desprovidos de qualquer relação com o utilizador a que são destinados, o que levanta questões a nível da conceção dos projetos e dos conceitos pelos quais estes se regem. A análise e estruturação de conceitos no âmbito da intervenção em património edificado, e os casos de referência estudados, em conjunto com a análise dos elementos da pré-existência, convento e fábrica, e o enquadramento teórico sobre luz, cor e matéria, permitiram extrair conclusões que se expressaram em princípios estratégicos influentes na proposta, criando uma nova identidade.

Testemunhos

"O importante na licenciatura em Arquitetura de Interiores é a criação das condições de tempo e de espaço físicos e mentais que permitem conceber e moldar universos vivíveis e sobre eles refletir. Estes alicerces estão presentes na forma como hoje encaro não só a minha profissão mas também o mundo que me rodeia."

mestrado int interiores test 1

Inês Moço Pereira
Licenciada pela FA em Arquitetura de Interiores, 2005; Arquiteta na empresa Norconsult AS — Department for Architecture and Landscape Architecture, Bergen, Noruega; Leciona na Universidade de Arquitetura de Bergen, Noruega; Tem uma empresa de design gráfico e colabora com diversos ateliers de arquitetura na Noruega; Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

"Durante o meu percurso académico na Faculdade de Arquitectura,foi com professores e colegas que partilhei as melhores experiências na minha formação como arquiteta. Foi a troca e reflexão constante sobre o pensar e fazer Arquitetura que me permitiram uma tomada de consciência sobre a minha relação com o mundo e como o redescubro a cada dia na prática da profissão. As pessoas fazem os lugares...e na Faculdade de Arquitectura comprovei isso mesmo. Essa aprendizagem adquirida, sem dúvida ainda hoje se reflete na tomada de decisões, escolhas e na forma como realizo a profissão."

mestrado int interiores test 2

Olga Sanina
Licenciada pela FA em Arquitetura de Interiores, 2006; Atelier Olga Sanina & Marcelo Dantas. Arquitetos; Vencedora dos concursos: Exposição “Interiores” MUDE, Lisboa, 2012; Pavilhão da Feira do Livro, Madrid, 2007/10; Vila Utopia, Lisboa, 2006, entre outros; www.osmd-a.com

"A minha entrada no mercado surgiu com o estágio da Licenciatura em Arquitetura “pré-bolonha”. Coloquei em prática os conhecimentos teórico-práticos adquiridos e que foram de encontro ao expectável. Esses conhecimentos que diluíram-se na prática do gabinete de arquitetura, constituem ainda hoje a base para a profissão que exerço."

mestrado int interiores test 3

Stephanie França
Licenciada pela FA em Arquitetura de Interiores, 2009; Menção Honrosa, Trienal de Arquitetura de Lisboa, Núcleo; Universidades, 2007; Mestrado em Teatro, ESTC, IPL, 2012; Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.